O que são carros híbridos

O que são carros híbridos

Você sabe o que são carros híbridos? Eles são considerados os carros do futuro e, pouco a pouco, eles estão ganhando espaço no mercado automotivo brasileiro.

A palavra “híbrido” sugere a mistura e os carros deste tipo são caracterizados pelo uso de motores elétricos e de combustão no mesmo conjunto, ou seja, um motor usa álcool, gasolina, diesel ou gás natural e o outro é conduzido pela eletricidade.

O que são carros híbridos
O que são carros híbridos (Foto: What car?)

Há muita conversa sobre sustentabilidade, sobre maneiras de ajudar o planeta a lutar contra os males que nós mesmos causamos a ele.

Um desses males é a piora do efeito estufa, fenômeno natural que ocorre com a concentração de gases na atmosfera, como dióxido de carbono (CO2), ozônio (O3), metano (CH4) e óxido nitroso (N2O) e também vapor de água.

O que são carros híbridos

Estes gases concentrados permitem a passagem da luz solar e mantêm o calor na atmosfera. O piora desse fenômeno ocorre com a liberação excessiva de CO2 (dióxido de carbono) na atmosfera, dando origem ao aquecimento global. Muitas marcas apresentaram carros com ambos os motores.

Isso deve circular nas ruas brasileiras já em novembro. Com tecnologia avançada, além de ser carregada no soquete convencional, usa a energia gerada cada vez que o driver passa no freio para recarregar as baterias.

Com o motor elétrico, atinge até 75 milhas por hora. E o mais incrível; Com uma potência combinada de 191 cavalos, tem o mesmo consumo de um carro como ponto zero.

Em uma categoria acima dos híbridos, existem 100% de carros elétricos. Ao contrário dos híbridos, a emissão de CO² é zero. Ou seja, os elétricos não poluem nada.

Isso ainda é apenas um conceito de carro, projetado para percorrer 80 quilômetros por dia em perímetro urbano. Mas a velocidade máxima é boa: 112 quilômetros por hora.

Com o objetivo de atacar ou minimizar os problemas centrais dessas duas alternativas, motor de combustão interna e elétrico, os veículos híbridos apareceram.

Apesar de apresentar os dois sistemas, foram incorporadas mudanças significativas, garantindo resultados de eficiência muito maiores do que as tecnologias separadas.

Entre outras vantagens, eles são: melhor desempenho em sobretaxas e escaladas, maior potência e velocidade, recarregam as baterias com cada travagem, têm o mesmo tipo de manutenção que um carro convencional, o seu motor é menor e mais leve, o que ajuda a economizar energia, tem um uso de 90% a 95% da energia da combustão.

Related Post

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *